Ocorreu um erro neste dispositivo

Páginas

21.6.17

Sessão de sensibilização sobre dependências para alunos do Ensino Secundário

No passado dia 24 de maio, na Biblioteca Escolar, decorreu uma sessão de sensibilização alusiva à temática das dependências, em resultado de uma articulação entre a Educação para a Saúde, o Clube da Solidariedade e o Projeto “Vieira a Crescer – CLDS 3G”.
 
Os alunos do 10ºD e do 11ºC deslocaram-se à Biblioteca para ouvir o Dr. Pedro Fernandes e a Dra. Carla Sousa da Comunidade Terapêutica Sempre a Crescer (Adaúfe – Braga).
Esta atividade teve como objetivo central sensibilizar para a problemática dos consumos e promover estilos de vida saudáveis, tendo decorrido de modo informal, proporcionando aos discentes a abertura para colocar dúvidas / preocupações. Assim, os alunos tiveram a oportunidade de perceber os riscos dos consumos associados a vários tipos de substâncias psicoativas (incluindo as mais leves). Conheceram também alguns fatores que impulsionam o consumo, nomeadamente a pressão de pares. Compreendeu-se também a necessidade de desenvolver competências, nos alunos, de modo a não se deixarem arrastar pelo mero prazer de consumir, enfatizando-se que as opções, tomadas ao longo da vida, têm normalmente repercussões que serão determinantes no sucesso / insucesso de cada um. É no momento de tomar decisões, que os alunos deverão ser capazes de equacionar muito bem qual o rumo que pretendem escolher…

Em jeito de conclusão, regista-se aqui a frase célebre de Jonh Lennon (comentada pelos formadores) “As drogas deram-me asas, mas tiraram-me o céu”.

22.5.17

APRESENTAÇÃO PÚBLICA DOS TRABALHOS DE EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2016 / 2017

Era, mais uma vez, uma escola muito envelhecida, repleta de gente jovem e ideias para partilhar…
Foi precisamente no dia 17 de maio, que a escola acolheu a habitual convidada, a Professora Teresa Vilaça (Universidade do Minho), para assistir à apresentação pública dos trabalhos de Educação para a Saúde dos nossos alunos.
O evento foi apresentado pelo professor Fernando que, além de exibir os seus dotes literários, revelou-se bem afinado ao cantar “Amar pelos dois”, canção vencedora do Festival Eurovisão.
Infelizmente, a atividade contou apenas com a participação de quatro turmas – 11ºA, 11ºB, 11ºC e 12ºD. Contudo, o reduzido número de participantes não deixou a especialista da Universidade do Minho desencantada, pelo contrário, os trabalhos foram muito elogiados pela qualidade e pertinência dos temas e representações.
Os alunos do 11ºA apresentaram um filme alusivo à temática da saúde mental / adolescência, projeto coordenado pela docente de Filosofia (Marta Gonçalves). Neste trabalho, enfatizou-se a importância de ter uma boa saúde mental e alertou-se para os riscos associados às dependências.
Já o 11º B (coordenado pela professora Ana Paula Azevedo) retratou, igualmente em vídeo, a problemática do tabagismo e o seu efeito “trampolim” para experiências associadas a drogas ilícitas. Não ficou esquecido o papel que cada um de nós deverá ter a apoiar aqueles que eventualmente necessitem.
O 11º C (sob coordenação do docente de Educação Física – Cristiano Mineiro) representou a peça “Romeu e Julieta, o renascer…”. A simplicidade do tema – AMOR – camuflou suavemente a complexidade das temáticas abordadas – dependências (jogo, drogas lícitas e ilícitas, prostituição e bullying). Nesta peça, efetuou-se também uma homenagem aos docentes preocupados com os problemas dos alunos, criando a personagem de uma professora muito amiga e atenta a comportamentos dos seus discentes.
Por fim, o 12ºD (igualmente a cargo do professor Cristiano Mineiro) apresentou um filme – “Amar não é controlar”, exemplificando alguns comportamentos obsessivos que funcionam, muitas vezes, como ponto de partida para a violência no namoro.
De modo simples e eficaz, as temáticas da Educação para a Saúde foram convertidas em fantásticas representações, nas quais, sem excluir a seriedade intrínseca aos conteúdos abordados, o humor marcou território.

Todos aqueles que assistiram / participaram tiveram a possibilidade de constatar que uma abordagem divertida de assuntos sérios e complexos se traduz facilmente num mecanismo eficaz de aprendizagem e reflexão.

Para aqueles que não tiveram hipótese de assistir, poderão aceder ao registo on-line, produzido pela Vieira TV, que acompanhou o evento.

2.12.16

Dia mundial de luta contra a SIDA - 1 de dezembro

A propósito do Dia Mundial de Luta Contra a Sida, a ONU lançou esta semana uma campanha para promover os direitos das pessoas portadoras de VIH e combater a discriminação de que são alvo no local de trabalho.
“Actualmente, devemos trabalhar todos juntos, governos, empregadores e organizações de trabalhadores – membros da Organização Internacional do Trabalho (OIT) – e outras partes interessadas, e comprometermo-nos a proteger os direitos humanos das pessoas que vivem com o VIH, para que estas possam beneficiar de um trabalho produtivo e viver com dignidade”, afirmou o Director Geral da OIT, Guy Ryder, no lançamento da campanha em Genebra. 
Mais informação:

17.11.16

DIA DO NÃO FUMADOR (17 novembro)

A Fundação Portuguesa de Cardiologia assinala o Dia Nacional do Não Fumador, celebrado a 17 de novembro, com uma nova campanha de sensibilização, dirigida a adolescentes entre os 12 e os 15 anos.
Sob o lema “Não fiques preso a este vício”, o principal objetivo desta iniciativa passa por alertar os adolescentes para os malefícios do tabaco, com especial foco na saúde cardiovascular, relembrando que  fumar causa dependência como outra droga e que o melhor é mesmo nem começar.

14.11.16

16.10.16

Teatro Debate - Bullying (Programa "Cuida-te)

O Bullying é uma realidade nas escolas portuguesas. Ficar indiferente a um problema que afeta o bem-estar dos alunos não é certamente a atitude correta de uma escola que se assume promotora de saúde. Nesse contexto, no passado dia 13 de outubro, a nossa escola abriu (mais uma vez) as portas ao programa “Cuida-te”, desta vez, para debater a problemática do Bullying.

14.10.16

Dia Mundial da Alimentação - 16 outubro

A refeição mais importante do dia, o pequeno - almoço, nunca deverá ser ser esquecida. Ficam aqui algumas sugestões práticas para fazermos um pequeno almoço delicioso e saudável.



23.4.16

HÁ HISTÓRIAS QUE FICAM PARA SEMPRE… APRESENTAÇÃO PÚBLICA DOS TRABALHOS DE EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

Era (mais) uma vez, uma escola muito envelhecida, rejuvenescida de muitas ideias para partilhar. Ideias que viraram histórias para contar e encantar. Histórias que ficam para sempre... 

Foi precisamente no dia 20 de abril, que a escola acolheu novamente a Professora Teresa Vilaça da Universidade do Minho, para assistir à apresentação pública dos trabalhos de Educação para a Saúde dos nossos alunos. Com a habitual boa disposição e uns toques literários, o professor Fernando apresentou o evento. Inúmeras temáticas da Educação para a Saúde, em geral, foram convertidas em fantásticas representações, nas quais, sem excluir a seriedade intrínseca aos conteúdos abordados, o humor marcou território. Provou-se, assim, que uma abordagem divertida de assuntos sérios e complexos pode traduzir-se num mecanismo eficaz de aprendizagem e reflexão. Desse modo, o namoro virtual, a discriminação / preconceito, a autoestima, a igualdade de género, a violência, os sentimentos, entre outros temas, preencheram o cenário do auditório municipal ao longo de três horas e meia.

Todos aqueles que assistiram / participaram tiveram a possibilidade de testemunhar a relevância do Projeto de Educação para a Saúde na valorização de um estilo de vida saudável, mas, sobretudo, puderam constatar a importância do mesmo no que concerne à promoção dos valores e do respeito pelo outro. A transversalidade, a partilha, a fomentação da criatividade e o desenvolvimento de competências ao nível da comunicação são também grandes evidências deste projeto. 

Não foi possível registar em imagens a emoção desta tarde bem passada, contudo, fica aqui algum registo, o maior de todos vamos confiá-lo à nossa memória…